Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > NOTA DE PESAR: Frente Pela Vida lamenta as 150 mil vidas perdias por Covid-19

banner sintomas coronavirus 1banner sintomas coronavirus 2banner sintomas coronavirus 3 
peticaoCNS v2

Início do conteúdo da página

NOTA DE PESAR: Frente Pela Vida lamenta as 150 mil vidas perdias por Covid-19

  • Publicado: Sexta, 09 de Outubro de 2020, 10h49
  • Última atualização em Terça, 13 de Outubro de 2020, 11h39
imagem sem descrição.

Passados pouco mais de 2 meses e após tantas manifestações, novamente nos manifestamos com dor e indignação ao ser alcançada a marca de 150 mil mortes por Covid-19 neste 10 de outubro

Em 8 de agosto de 2020, as entidades que compõem a Frente Pela Vida manifestaram o seu mais profundo pesar pelo fato de o país ter alcançado a triste marca de 100 mil mortes registradas em decorrência da pandemia de Covid-19. Num esforço de mobilização e conscientização, a Frente Pela Vida, assim como vários movimentos realizados pela sociedade civil, marcou a data com mensagens, protestos, artigos e posicionamentos públicos expressando indignação e tristeza pelo sofrimento que a pandemia de Covid-19 está causando à nossa.

Passados pouco mais de 2 meses e após tantas manifestações, novamente nos manifestamos com dor e indignação ao ser alcançada a marca de 150 mil mortes por Covid-19 neste 10 de outubro.

A evolução dos números num espaço tão curto de tempo reafirma o que a Frente Pela Vida vem apontando: muitos óbitos poderiam ser evitados se o governo federal tivesse assumido sua responsabilidade no enfrentamento da pandemia seguindo a ciência e fortalecendo o SUS. Nosso luto será luta em defesa da vida, da saúde e da democracia.

Frente Pela Vida

A nota é assinada pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes), Associação Brasileira Rede Unida (Rede Unida), Associação Brasileira de Economia em Saúde (ABrES), Associação Brasileira de Saúde Mental (Abrasme), Associação Brasileira de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (Abrastt), Associação Brasileira de Enfermagem (Aben), Sociedade Brasileira de Virologia (SBV), Sociedade Brasileira de Bioética (SBB), Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT), Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente (Sobrasp), Rede de Médicas e Médicos Populares (RMMP), Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia (ABMMD) e Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC).

registrado em:
Fim do conteúdo da página