Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Eleições CNS: Controle Social na Saúde abre candidaturas a novos conselheiros para triênio 2021-2024
Início do conteúdo da página

Eleições CNS: Controle Social na Saúde abre candidaturas a novos conselheiros para triênio 2021-2024

  • Publicado: Quinta, 12 de Agosto de 2021, 12h47
imagem sem descrição.

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) é um órgão fundamental para a democracia brasileira, pois é responsável pela participação popular na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS). A cada três anos, o quadro de conselheiros e conselheiras é renovado e  representantes de entidades, movimentos sociais, universidades, gestores, prestadores de serviços em Saúde, trabalhadores e usuários do SUS podem participar. Nesta quinta (12/08), durante a 70ª Reunião Extraordinária do CNS, conselheiros e conselheiras aprovaram por unanimidade o edital de Eleições 2021-2024 do controle social na Saúde. 

Poderão votar e ser votados todos os inscritos no período de 20 de agosto a 5 de outubro de 2021, até às 18h (horário de Brasília). O link para as inscrições será disponibilizado no site do CNS. A listagem final das entidades e dos movimentos sociais nacionais habilitados para participarem da eleição como eleitores/as e/ou candidatos/as será divulgada no dia 5 de novembro de 2021. 

A eleição ocorrerá no dia 11 de novembro de 2021, das 10h às 13h e das 14h às 18h, na cidade de Brasília (DF), em local a ser divulgado posteriormente. A Comissão Eleitoral acompanhará a apuração dos votos e o Presidente da Comissão Eleitoral proclamará, imediatamente, as entidades e os movimentos sociais nacionais eleitos no dia 11 de novembro de 2021. “Caso ainda não haja condições sanitárias, as plenárias serão realizadas em formato virtual”, explicou André Luiz de Oliveira, representante da Mesa Diretora do CNS.

Os novos conselheiros e o novo presidente do CNS cumprirão gestão durante o triênio 2021-2024. O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, que também é conselheiro nacional de saúde, reconheceu a importante atuação do CNS durante a reunião ordinária. “O CNS tem trabalhado de forma muito dinâmica para auxiliar o Ministério. É uma magnitude o trabalho dos Conselhos, órgãos de muita importância para a gestão do SUS”, afirmou.

registrado em:
Fim do conteúdo da página