Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Em defesa do controle social, CNS participa de 12ª Conferência Nacional de Assistência Social
Início do conteúdo da página

Em defesa do controle social, CNS participa de 12ª Conferência Nacional de Assistência Social

  • Publicado: Sexta, 17 de Dezembro de 2021, 15h45
imagem sem descrição.

A 12ª Conferência Nacional de Assistência Social teve início nesta quarta-feira (15/12), em Brasília. Até o próximo sábado (18/12), os conselheiros nacionais de assistência social estarão reunidos para tratar de diversos temas referentes ao trabalho da assistência social no Brasil. O presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto, participou da abertura do encontro, defendendo a importância da participação social no Sistema de Seguridade Social.

Sob o tema “Assistência Social: Direito do povo e Dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”, Pigatto afirmou que a conferência representa uma conquista do controle social do país.

“A Conferência Nacional de Assistência Social já era para ter acontecido, mas infelizmente o governo federal boicotou a realização. Poder prestigiar agora a abertura desta conferência é também participar dessa conquista do controle social brasileiro. Unimos muitos esforços, inclusive de conselhos que foram atacados, que foram extintos, e nos reunimos inclusive numa Comissão Especial no Conselho Nacional de Direitos Humanos. Agora estamos aqui e seguiremos somando forças pra garantir a democracia plena em nosso país e o respeito ao controle social e ao povo brasileiro”, disse Pigatto.

A vice-presidente do Conselho Nacional de Assistência Social, Aldenora Gonzáles, reforçou a necessidade de o evento resultar em uma devolutiva para a sociedade, sobretudo diante do cenário da pandemia da Covid-19.

“É necessário que a gente faça essa devolutiva, não adianta apenas ficar deliberando e não dar retorno para a sociedade. O momento mais importante da nossa conferência é que o desejo de quem estava lá nas conferências municipais, estaduais, sejam representados agora”, disse.

Em sua manifestação, a vice-presidente destacou a importância das deliberações que serão tomadas durante a conferência.

“O marco central da conferência são as deliberações. Elas apontam o futuro das políticas públicas. A política de assistência social diz que é para atender a todos que delas precisam, mas eu não sei se ela está atendendo a todos. Precisamos fazer essa reflexão porque nós ocupamos um lugar que centenas de pessoas queriam estar ocupando. Nossa responsabilidade em dar retorno é redobrada”.

#PraCegoVer: Na imagem, o presidente do CNS, Fernando Pigatto, com a vice-presidente do Conselho Nacional de Assistência Social Aldenora Gonzáles, a professora Doutora Joaquina Barata e a ex-Secretária Nacional de Assistência Social no governo Dilma Rousseff, Ieda de Castro. Eles estão próximos, à frente do palco da conferência, com um banner ao fundo estampando a identidade visual do evento.

Veja a íntegra da abertura aqui.

Ascom CNS

registrado em:
Fim do conteúdo da página