Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > NOTA PÚBLICA: CNS felicita Fiocruz pelas primeiras vacinas contra a Covid-19 100% nacionais

Banner etapa municipal

Início do conteúdo da página

NOTA PÚBLICA: CNS felicita Fiocruz pelas primeiras vacinas contra a Covid-19 100% nacionais

  • Publicado: Segunda, 21 de Fevereiro de 2022, 15h48
imagem sem descrição.

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) manifesta reconhecimento à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) como instituição estratégica do Estado brasileiro, comprometida em promover a melhoria da saúde pública no nosso país. O desenvolvimento da nova vacina nacional contra a Covid-19 inaugura uma etapa de avanço na superação da pandemia no Brasil e no mundo.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu este ano parecer favorável para que a Fiocruz produza o Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) das vacinas contra a Covid-19. Após a transferência de tecnologia da AstraZeneca e com o deferimento da Anvisa, a Fundação passa a ser a primeira instituição brasileira capacitada a produzir e distribuir uma vacina Covid-19 100% nacional, vinculada ao Ministério da Saúde.

A Fiocruz é uma instituição voltada às cidadãs e cidadãos brasileiros. Essa nova fase, além de garantir o acesso equitativo a um bem público nacional, a partir dessa incorporação tecnológica, vai representar economia financeira ao país e contribuirá para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Principalmente em um momento onde o mesmo vive um processo de desfinanciamento gravíssimo, denunciado inúmeras vezes pelo controle social brasileiro.

O trabalho desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz) contribui para a balança comercial em saúde, ao reduzir a necessidade de importações e trazer garantia de oferta do imunizante pelo Plano Nacional de Imunizações (PNI) à população. Com o valor de U$ 5,27 por dose, as novas vacinas representam baixo custo em relação a outras vacinas, contribuindo com a sustentabilidade econômica do SUS.

Em meio a um cenário de negacionismo e ataques à Ciência, a conquista dessa plataforma tecnológica garante avanços não só no presente, mas poderá ser utilizada também no enfrentamento a novos desafios para o SUS. A vacina contra Covid-19 100% nacional potencializará o desenvolvimento de outras vacinas no futuro e, consequentemente, trará mais saúde e qualidade de vida ao nosso povo.

Brasília, 21 de fevereiro de 2022

Conselho Nacional de Saúde

Foto: Ascom CNS/Visita da Mesa Diretora do CNS à sede do Bio-Manguinhos/Fiocruz, no Rio de Janeiro (RJ), em fevereiro de 2021, para acompanhar a produção das vacinas contra a Covid-19.

registrado em:
Fim do conteúdo da página