Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Avanços e desafios da Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora são discutidos no 10º Renastão 

Banner etapa municipal

Início do conteúdo da página

Avanços e desafios da Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora são discutidos no 10º Renastão 

  • Publicado: Terça, 06 de Dezembro de 2022, 18h37
imagem sem descrição.

A Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) e o Ministério da Saúde comemoram os 20 anos da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (Renast), e os 10 anos da Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (PNSTT). A data é celebrada no 10º Encontro da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (10º Renastão), que começou nesta terça (06/11) e vai até quinta (08/11). O encontro realizado na modalidade híbrida reúne profissionais, técnicos e gestores da Renast e dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), incluindo os representantes do controle social do SUS, e abordando experiências exitosas que vêm sendo desenvolvidas nos territórios.

A mesa de abertura do evento contou com Arnaldo de Medeiros, sSsecretário de Vigilância em Saúde (SVS/MS), Fernando Pigatto, presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Liliane Graça Santana, representando o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Marcia Cristina Kamei Lopez Aliaga, Procuradora do Ministério Público do Trabalho (MPT), e Rodrigo Monroy, representando a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (Opas/OMS).

Também compondo a mesa de abertura, Thaís Cavendish, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (DSAST/SVS/MS), celebrou a parceira com o Conselho Nacional de Saúde, relembrando a dificuldade de implementação da política que busca uma atenção integral à saúde do trabalhador.O Controle Social é a base da saúde do trabalhador. Ela nasce a partir do trabalho de conselheiras e conselheiros”.

Arnaldo de Medeiros saudou o trabalho do CNS na construção de uma sociedade mais justa. “Às vezes se faz luta em silêncio, mas sabendo aonde se quer chegar. Tivemos apoio incondicional do Controle Social, fazendo chegar a nossa voz quando ela não era possível de ser dita”. O Secretário da SVS ainda agradeceu a confiança e o trabalho da equipe para construção da PNSTT, ao longo do período.

Fernando Pigatto destacou que a Política Nacional de Vigilância em Saúde foi aprovada em um momento de muita resistência. “As instituições permanecem, mas o que faz a diferença são as pessoas que a compõem. O secretário Arnaldo foi um exemplo de comprometimento em um momento de negacionismo, umprofissional responsável com a vida e o SUS.

A procuradora, Marcia Cristina Aliaga, relembrou o significado da Reforma Sanitária e das conquistas garantidas na Constituição por meio do SUS. “Isso foi uma construção social, e precisamos relembrar disso sempre. Em momentos de crise como a que vivenciamos é necessário resgatar e defender nossos princípios”, afirmou.

O primeiro dia do evento ainda contou com a palestra magna da coordenadora-geral de Vigilância em Saúde do Trabalhador, do Departamento de Vigilância em Saúde do Trabalhador, Flávia Nogueira e Ferreira de Sousa, abordando conquistas, desafios e perspectivas da Renast e da PNSTT.

 

Confira mais do Renastão:

Link 06-01-22 - https://youtu.be/bsNXObda_Mk

 

Link 07-01-22 - https://youtu.be/w9G4m14SLpM

 

Link 08-01-22 - https://youtu.be/DryAYv7bHM4

 

Ascom

 

✅ Acompanhe o CNS:
👍 fb.com/ConselhoNacionaldeSaude
🐦 twitter.com/comunicacns
💚 instagram.com/conselhonacionaldesaude.cns
💻 www.conselho.saude.gov.br
 (61) 3315-2560 (somente whatsapp)

registrado em:
Fim do conteúdo da página