Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Alagoas destaca fortalecimento da saúde pública em conferência estadual
Início do conteúdo da página
Notícias

Alagoas destaca fortalecimento da saúde pública em conferência estadual

O Conselho Estadual de Saúde de Alagoas (CES/AL) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau)

  • Publicado: Quinta, 13 de Junho de 2019, 14h30
  • Última atualização em Quinta, 13 de Junho de 2019, 14h30
imagem sem descrição.

 O Conselho Estadual de Saúde de Alagoas (CES/AL) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) iniciaram nesta segunda-feira (10/06) a IX Conferência Estadual de Saúde (Coesa). O titular da Sesau, secretário Alexandre Ayres, participou da solenidade de abertura do evento, que tem como tema ‘Democracia e Saúde’.

Em seu discurso, ele defendeu a permanência do diálogo com setores da sociedade, a participação popular e acadêmica nos investimentos junto à saúde pública, além de apresentar o planejamento do Governo de Alagoas na construção de hospitais, fortalecendo o Sistema Único de Saúde (SUS) em regiões importantes do Estado. “Está claro que não dá para fazer saúde pública dependendo apenas do Governo do Estado, Governo Federal e Municípios. É preciso que a participação popular e acadêmica seja contínua, buscando sempre deixar a população mais próxima aos serviços de saúde”, destacou Alexandre Ayres.

Em outro momento, o secretário de Estado da Saúde lembrou que a população residente nos municípios do interior de Alagoas tem sido prejudicada na Atenção Básica, devido ao baixo investimento federal, culminando numa fatura a ser paga pelas gestões municipais. “As prefeituras não conseguem fechar a conta, os recursos são poucos e a população é quem fica penalizada. Para que as famílias tenham acesso à saúde, existe a necessidade de um maior financiamento com recursos federais”, argumentou Alexandre Ayres.

O secretário de Estado da Saúde disse ainda que o Governo de Alagoas tem se pautado em ações de transparência, planejamento e proximidade para elevar o patamar da saúde pública. Neste sentido, o titular da Sesau fez questão de citar a construção do Hospital da Mulher, localizado na Avenida Comendador Leão, no bairro Poço, em Maceió; Hospital Metropolitano, situado na parte alta de Maceió; Hospital Regional do Norte; e Hospital Regional da Zona da Mata.

A composição da mesa para abertura oficial da IX Conferência Estadual de Saúde (Coesa) também contou com representantes da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), Conselho Nacional de Saúde (CNS), Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems/AL), Conselho Estadual de Saúde de Alagoas (CES/AL), Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) e Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

A IX Conferência Estadual de Saúde segue até a quarta-feira (12) e está sendo realizada no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro Jaraguá, em Maceió. Após a abertura, o presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto, proferiu palestra magna, com o tema “Democracia e Saúde: Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS”.

alagoas

A IX Coesa recebeu o nome do líder sindical, Cícero Lourenço da Silva. “Os nomes são propostos pelos conselheiros e escolhidos por uma votação em plenário”, explicou Maurício Sarmento. Ele informou, ainda, que a proposta é reconhecer o trabalho de lideranças de todos os segmentos que participaram das lutas em defesa do SUS.

Homenagens – Durante o evento foram feitas mais oito homenagens a usuários, trabalhadores, gestores e prestadores que deram a sua contribuição em defesa da saúde pública. A conferência termina na quarta-feira (12), com a eleição e homologação dos delegados que irão participar da 16ª Conferência Nacional de Saúde, que será realizada em Brasília, de 4 a 7 de agosto. Também serão aprovadas as propostas estaduais para a etapa nacional.

Texto e fotos: SES/AL

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página