Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Amazonenses propõem melhorias para o SUS durante 16ª Conferência Nacional de Saúde
Início do conteúdo da página
Notícias

Amazonenses propõem melhorias para o SUS durante 16ª Conferência Nacional de Saúde

Com o tema “Democracia e Saúde”, a Conferência reúne cerca de cinco mil pessoas em Brasília

  • Publicado: Quarta, 07 de Agosto de 2019, 11h37
  • Última atualização em Quarta, 07 de Agosto de 2019, 16h18
imagem sem descrição.

 

A comitiva do Amazonas com 76 delegados(as) entre gestores(as), trabalhadores(as) e usuários(as) do Sistema Único de Saúde (SUS), juntamente com o secretário de Estado de Saúde (Susam), Rodrigo Tobias, marcou presença na 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8), em Brasília, de 4 a 7 de agosto.

Com o tema “Democracia e Saúde”, a 16ª Conferência reúne cerca de cinco mil pessoas de todos os estados do Brasil para defenderem as propostas apresentadas nas conferências estaduais e discutirem, em âmbito nacional, a incorporação das políticas públicas de saúde no Plano Plurianual (PPA 2020-2023) e no Plano Nacional de Saúde.

De acordo com o secretário, que entrou com a bandeira do Amazonas na solenidade de abertura do evento, a participação da comitiva na 16ª Conferência só ratifica que o SUS é o maior projeto político e social do Brasil. Segundo ele, o SUS garante direitos e cidadania para as pessoas de diferentes segmentos.

“De uma forma bem especial, a comitiva do Amazonas consegue, nos três eixos dessa conferência, sustentar as propostas que são muito pertinentes à nossa região, mas também fomentam políticas públicas de saúde para o Brasil”, salientou.

Tobias reforçou a participação na conferência como representante do colegiado de secretários estaduais de saúde, onde atuou ativamente no Grupo de Trabalho que tratou do eixo financiamento. “Em relação à pauta do Financiamento do SUS, sustentamos que precisamos sim modernizar as políticas de saúde de tal forma a evitar a privatização e garantir a sustentabilidade do Sistema”.

Para a diretora do departamento de atenção primária da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa), Ângela Nascimento, a delegação é bastante diversa e representativa. “Participamos das conferências municipais, estaduais e agora aqui, com um grupo heterogêneo, que confirma o propósito de defesa do SUS em prol de garantir a equidade. Então é preciso marcar presença e realmente defender as nossas propostas de forma bem articulada”.

Representando a categoria de trabalhadores do SUS, o farmacêutico da Vigilância Sanitária, Marcos Antônio dos Santos, explica que as melhores propostas serão escolhidas conferencistas. “Estar aqui, neste momento que o país está passando, com o cerceamento das liberdades, é importante porque a conferência reúne a população para discutir o futuro da saúde. É aqui que vamos definir a saúde que os trabalhadores de todos os estados, e principalmente do Amazonas, estão querendo e não a que estão propondo para nós”.

O usuário do SUS, Daniel Sena, declarou estar com uma expectativa positiva diante das propostas apresentadas nas mesas de debate. “Como usuário do SUS, eu espero que as coisas possam melhorar como todo brasileiro espera. O Amazonas foi bem representado aqui com os gestores, trabalhadores e usuários numa união só”.

Sobre a 16ª Conferência

A 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8) é organizada pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) e realizada pelo Ministério da Saúde (MS). Considerada o maior espaço de participação social do Brasil, o evento reúne mais de cinco mil pessoas de todo o país para propor melhorias ao Sistema Único de Saúde (SUS), sendo um resgate à 8ª Conferência, realizada em 1986, responsável por definir as bases para construção do SUS na Constituição de 1988. O relatório final do evento vai gerar subsídios para a elaboração do Plano Plurianual 2020- 2023 e do Plano Nacional de Saúde.

Ascom CNS

registrado em:
Fim do conteúdo da página