Home Links Úteis Fale Conosco

O CONSELHO
Apresentação
Histórico
Composição
Estrutura Organizacional
Regimento Interno
img Fluxo de trabalho
Comissões
Expediente
 
ATOS NORMATIVOS
img Resoluções
Recomendações
Moções
Legislação
 
REUNIÕES DO CONSELHO
Calendário
Pauta
Atas
 
BIBLIOTECA
Revista
Informativos
Livros
Relatórios
 
EVENTOS DE SAÚDE
 
PLENÁRIA DE CONSELHOS
 

Brasília, 22 de setembro de 2010

 

 

Ministro aprova tema da 14ª Conferência Nacional de Saúde

 

 

img

     Foi realizada, na tarde dessa terça-feira (21), mais uma reunião entre a Mesa Diretora do Conselho Nacional de Saúde (CNS) e o Ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

 

     Antes dos pontos previstos na pauta, no entanto, a Mesa abriu espaço para que os Conselheiros Nacionais representantes das comunidades indígenas, Valdenir França e Edmilson Terena, dessem informes sobre a situação da assistência nas aldeias.

 

     Os Conselheiros relataram que após a criação da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) está se omitindo do atendimento que ainda lhe cabe enquanto não é publicado o Decreto Presidencial da nova Secretaria. Segundo eles, comunidades indígenas de Santa Catarina fecharam a rodovia SC 480 e estão previstas diversas ações semelhantes ao longo da semana em diversas regiões do Brasil. Edmilson ressaltou a parceria estabelecida até então em prol da criação da Sesai, mas disse temer o que pode acontecer enquanto o Decreto não é publicado, uma vez que a população está sem qualquer assistência. "Não vamos conseguir segurar os ânimos por causa da omissão da Funasa e morosidade da publicação do Decreto".

 

     O Presidente do CNS, Francisco Batista Júnior , concordou que a situação precisa de uma solução rápida. "Precisamos pensar sobre o que pode ser feito imediatamente para acabar com a desassistência. Enquanto não tiver Sesai estruturada, a Funasa tem de dar respostas e assumir sua responsabilidade. Sabemos que há uma cultura institucionalizada que não quer a transição". O Ministro Temporão informou que o Decreto já se encontra finalizado no Ministério do Planejamento e deve seguir para assinatura na próxima semana. Temporão se comprometeu, também, a chamar a Funasa a fim de solucionar o problema da falta de assistência.

 

     A Agenda Política do CNS foi um dos pontos de pauta da reunião. Na oportunidade, o Presidente Francisco Júnior falou das audiências realizadas com os Ministros Luiz Dulci e Alexandre Padilha para apresentação do documento e das perspectivas de um encontro com o Presidente Lula.

 

     Francisco Júnior falou da sua preocupação em relação à criação da Comissão Especial para a Elaboração de Proposta de Plano de Carreira no SUS, que poderia inviabilizar a proposta do CNS de criação de uma carreira única e que deve pensar sobre a necessidade de profissionais também nos grandes centros. Temporão concordou que a Comissão deverá olhar para todos os municípios e que terá como desafio um olhar mais amplo sobre a situação. "Não estou com uma visão fechada em relação a isso. Abrimos o caminho para o debate sobre a situação da carreira no SUS", afirmou o Ministro. Sobre o serviço civil em saúde, Temporão declarou apoio e afirmou que as conversas serão retomadas.

 

     A Mesa Diretora apresentou ao Ministro o tema da 14ª Conferência Nacional de Saúde aprovado pelo Pleno na 213ª Reunião Ordinária, que será realizada em 2011 - "Todos usam o SUS! SUS na Seguridade Social - Política Pública, Patrimônio do Povo Brasileiro ".

 

     A 14ª Conferência Nacional de Saúde acontecerá entre 30 de novembro e 04 de dezembro de 2011, em Brasília, e as etapas municipais devem ser iniciadas no mês de março. A proposta da Conferência é priorizar o debate nos Estados e municípios com o objetivo de qualificar as discussões e trazer para a Conferência a realidade do Sistema Único de Saúde pelo País.

 

     Francisco Batista Júnior entregou ao Ministro um Acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) que recomenda ao Ministério da Saúde a adoção de medidas que responsabilizem os municípios que não cumprem as disposições da Lei nº 8.142/90 e a Resolução nº 333/2003, do CNS, no que diz respeito à composição dos Conselhos Municipais de Saúde do Estado. O Acórdão nº 1.725/2010, publicado no Diário Oficial da União de 09/04/2010, é uma resposta à representação formulada pelo Conselho Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul.

 

     O Presidente Júnior propôs que CNS e Ministério elaborem conjuntamente formas de solucionar esse problema nos municípios, proposta essa que obteve a concordância do Ministro que informou que será realizado um levantamento das medidas determinadas no Acórdão do TCU.

 

 

Voltar 
 

Assessoria de Comunicação do CNS
Fone: (61) 3315-2150/2151

Fax: (61) 3315-2414/2472
e-mail: comunicacns@saude.gov.br
Site: conselho.saude.gov.br

 

Conselho Nacional de Saúde - "Efetivando o Controle Social".
Esplanada dos Ministérios, Bloco “G” - Edifício Anexo, Ala “B” - 1º andar - Sala 103B - 70058-900 - Brasília, DF

I