Home Links Úteis Fale Conosco

O CONSELHO
Apresentação
Histórico
Composição
Estrutura Organizacional
Regimento Interno
img Fluxo de trabalho
Comissões
Expediente
 
ATOS NORMATIVOS
img Resoluções
Recomendações
Moções
Legislação
 
REUNIÕES DO CONSELHO
Calendário
Pauta
Atas
 
BIBLIOTECA
Informativos
Livros
Relatórios
 
EVENTOS DE SAÚDE
img Conferências
 
PLENÁRIA DE CONSELHOS
 

 

       Conselheiros nacionais de saúde aprovaram durante a 297ª Reunião Ordinária do colegiado, realizada em 14 e 15 de setembro de 2017, em Brasília (DF), a criação de uma Câmara Técnica (CT) vinculada à Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora Nacional (CISTT) do Conselho Nacional de Saúde (CNS).

 

       A Câmara terá como objetivo analisar os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de todo o país e discutir um novo modelo de organização dos Centros, com vistas à correção das assimetrias existentes entre as diversas regiões e em atendimento às realidades locais.

 

       A CT será composta por 5 (cinco) representantes de Cerests estaduais, sendo 1 (um) por região; 3 (três) representantes das CISTTs estaduais; 3 (três) representantes das CISTTs municipais; representação da CISTT nacional; da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) e da comunidade acadêmica, podendo chegar até 20 integrantes.

 

       Na 298º Reunião, realizada dias 5 e 6 de outubro no CNS, foi autorizada a publicação do Edital de Chamamento para a composição, com o propósito de identificar, criteriosamente, membros que possam integrar a referida Câmara Técnica.

 

       Para compor a CT pretende-se selecionar integrantes que apresentem um perfil de competências coerente com as atividades desenvolvidas no âmbito da referida Comissão. Neste sentido, conforme anexo, solicita-se experiências prévias e com trajetórias profissionais congruentes, sendo que cada tipo de candidatura tem seus critérios definidos e explicados de forma clara no Edital.

 

       A ideia da Câmara Técnica é discutir e analisar a coordenação, gestão, equipe mínima, função objetiva e financiamento dos Cerests. “É preciso um mecanismo que repense tudo isso. Temos Cerests que cuidam de 110 cidades e temos os que cuidam de apenas 4 e ambos recebem o mesmo valor. Da forma que está é difícil de conduzir, não conseguimos avançar mais”, avalia o coordenador geral da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador do CNS, Geordeci de Souza.
O prazo para as indicações das instituições que poderão compor a CT/CISTT/CNS, a partir desta publicação no site oficial do Conselho Nacional de Saúde, será até o dia 10 de Novembro de 2017.

 

       As indicações devem ser enviadas, via ofício, para o e-mail cisttcns@saude.gov.br, inserindo no assunto da mensagem “Indicação para CT/CISTT/CNS” com os seguintes dados necessários:

  • Nome completo do/a participante indicado/a;
  • E-mail e telefone para contato;
  • Currículo resumido (destacando formação e experiências relevantes dos últimos cinco anos relacionadas à Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora).
  • Documentos comprobatórios do pleno funcionamento das CISTTs e CERESTs (Tabela de composição atualizada, com listas de presença, atas das reuniões e plano de trabalho).

       Atualmente, existem 210 Cerests no Brasil e 437 regiões de saúde no país. A proposta também é ampliar o número de centros de referência, implantando um centro para cada região. “Conseguimos incluir no Plano Plurianual a realização de um Cerest por região de saúde, atendendo as resoluções da 4ª Conferência de Saúde do Trabalhador. No planejamento do CNS, mais uma vez, referendamos a necessidade de criação de um centro para cada região”, conclui Souza.

 

CHAMADA Nº 002/2017.pdf

pdf

 

 

Participe!

 

Voltar 
 

Assessoria de Comunicação do CNS
Fone: (61) 3315-2150/2151

Fax: (61) 3315-2414/2472
e-mail: comunicacns@saude.gov.br
Site: conselho.saude.gov.br

 

Conselho Nacional de Saúde - "Efetivando o Controle Social".
Esplanada dos Ministérios, Bloco “G” - Edifício Anexo, Ala “B” - 1º andar - Sala 103B - 70058-900 - Brasília, DF

I