Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Oficina de Formação para Controle Social do SUS reúne conselheiros nacionais de Saúde

banner sintomas coronavirus 1banner sintomas coronavirus 2banner sintomas coronavirus 3 
peticaoCNS v2

Início do conteúdo da página

Oficina de Formação para Controle Social do SUS reúne conselheiros nacionais de Saúde

  • Publicado: Quinta, 10 de Junho de 2021, 16h03
imagem sem descrição.

Evento, em formato virtual, foi promovido pelo Centro de Educação e Assessoramento Popular e pelo CNS para fomentar lutas e unificar agenda política do Conselho

Conselheiros e conselheiras nacionais de Saúde participaram nesta quinta (10/06) da oficina de Formação para Controle Social do Sistema Único de Saúde (SUS). O evento, que iniciou ontem de forma virtual, é promovido pelo Centro de Educação e Assessoramento Popular (Ceap) e pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS).

O encontro integra as atividades da 2ª edição do Projeto de Formação para o Controle Social no SUS. Essa é uma iniciativa da Comissão Intersetorial de Educação Permanente para o controle Social no SUS (CIEPCSS), com apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

O presidente do CNS, Fernando Pigatto, participou da abertura do evento na quarta (9/06), que pretende reunir de forma telepresencial mais de 1.400 pessoas, além de envolver 30 educadores populares ao longo do ano. Para Pigatto, é fundamental que os integrantes do CNS participem de processos de formação, a fim de sempre qualificarem a atuação no maior conselho participativo do país.

“Essa oficina é fundamental. Essa segunda edição do Projeto é para que as pessoas que não estiveram na primeira possam estar nessa, porque formação é algo que a gente precisa ter sempre, com continuidade”, afirmou Pigatto na manhã de quarta.

Durante os dois dias de atividade, o objetivo é capacitar os participantes a fim de que fortaleçam suas atuações como multiplicadores em defesa do SUS nos seus respectivos estados, além de fortalecer o Controle Social e a luta pelo Direito Humano à Saúde.

De acordo com a coordenadora da CIEPCSS, do CNS, Sueli Barrios, o cenário de crise política, sanitária e humanitária, que já causou quase 500 mil mortes pela pandemia no país, reforça a necessidade de realização de iniciativas de treinamento dos conselheiros.

“Esse é um importante espaço de escuta e de fala, de encontro para reflexões, debates e trocas de experiências entre os conselheiros e conselheiras, ampliando saberes e conhecimentos, ao mesmo tempo em que mobiliza os afetos, reacende a esperança e reafirma o compromisso dos atores e atrizes que atuam no CNS”, afirmou.

Segundo ela, o espaço também é para articulação junto às entidades para potencializar e dar capilaridade à agenda política do CNS, defendendo temas “como a  defesa do auxílio emergencial de R$ 600, vacina para todos e todas, revogação da EC 95, financiamento justo e adequado para o SUS. Pensar estas agendas diante das limitações impostas pela pandemia”.

Também participaram do evento os integrantes da Mesa Diretora do CNS Priscilla Barreto, Moysés Longuinho Toniolo de Souza, Elaine Junger Pelaez e Neilton Araújo de Oliveira.

Oficinas realizadas nas 27 unidades da federação

O Ceap e o CNS têm realizado oficinas e seminários em todos os estados do país e no Distrito Federal. A próxima oficina ocorrerá para o público do Amapá. O seminário virtual será realizado nesta sexta (11/06), às 8h30. Para mais informações sobre o projeto, acesse: www.formacontrolesocial.org.br.

Ascom CNS

registrado em:
Fim do conteúdo da página