Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > OPAS e Conselho Nacional de Saúde selecionam mais 25 experiências para o Laboratório de Inovação
Início do conteúdo da página

OPAS e Conselho Nacional de Saúde selecionam mais 25 experiências para o Laboratório de Inovação

  • Publicado: Quarta, 21 de Julho de 2021, 15h43
Foto: 20ª Plenária Nacional de Conselhos de Saúde - 24/08/2016
imagem sem descrição.

A comissão de avaliação do Laboratório de Inovação Conselhos de Saúde e Participação Social na resposta à Covid-19 aprovou mais 25 experiências para compor o acervo de experiências inovadoras. O Laboratório recebeu ao todo 48 inscrições, sendo que 10 delas já haviam sido selecionadas. Desta forma, participam da iniciativa 35 experiências.

A iniciativa do Conselho Nacional de Saúde (CNS), em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) no Brasil, busca conhecer práticas e projetos de participação social no enfrentamento da Covid-19, especialmente aquelas que têm articulação direta  dos Conselhos de Saúde.  

“O próximo passo do Laboratório de Inovação será o intercâmbio de experiências por meio de debates virtuais entre os autores”, destaca Mónica Padilla, coordenadora da Unidade Técnica de Sistemas e Serviços da Opas no Brasil. A agenda dos debates será divulgada em breve. 

“Esta é uma demonstração do quanto o controle social salvou vidas durante essa pandemia. Este Laboratório de Inovação comprova que realmente toda a atuação que tivemos, para muito além das experiências que foram selecionadas, fez com que salvássemos muitas vidas”,  considera Fernando Pigatto, presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS).

WhatsApp Image 2021 07 21 at 15.31.25

“O coordenador técnico do Laboratório de Inovação destaca que a luta contra a Covid-19 não pertence apenas à esfera dos organismos gestores do SUS, mas também diz respeito diretamente às instâncias de participação social. “Com efeito, recebemos 48 inscrições para o presente laboratório; destas, 35 foram selecionadas para comporem o acervo final que conterá experiências significativas que envolveram Conselhos de Saúde, Universidades, Judiciário, Ministério Público, órgãos da Educação, comunidades, além de outros participantes”, explica o sanitarista Flávio Goulart.

Segundo o coordenador, com o conjunto de experiências habilitadas já é possível vislumbrar alguns ingredientes altamente significativos e inovadores, que certamente serão capazes de influenciar a atuação de outros conselhos e entidades, além de proporcionar intercâmbio entre aquelas que já vêm lidando com o tema. 

“Podemos citar, por exemplo, a parceria entre conselhos e outros órgãos do SUS e, fora dele, na promoção de atividades de apoio e defesa contra à pandemia; o desenvolvimento de novas dinâmicas de funcionamento dos conselhos de saúde; o engajamento intensivo das universidades e centros de ensino nas atividades; a preocupação com a boa informação em saúde e a rejeição de informações falsas; a utilização das tecnologias de informação; a responsabilização por parte dos organismos participativos em saúde frente à pandemia, além, de muitas outras iniciativas”, finaliza Goulart. 

As experiências foram consideradas, pelos avaliadores, com alto potencial de multiplicação e influência sobre o universo dos órgãos de gestão, de assistência e de participação em saúde. 

A seguir, as 25 experiências habilitadas após o envio de informações complementares para avaliação final: 

“Capacitação de Conselheiros Municipais de Saúde visando o controle social e transparência nos Conselhos Municipais de Saúde.” Barreiras/BA
“Movimento “O SUS NAS RUAS” na Bahia no controle social na pandemia da COVID 19: interface da educação popular com as práticas integrativas e complementares em saúde.” Salvador/BA
“Elaboração de oficinas de qualificação para conselheiros municipais da saúde do oeste baiano a partir da parceria da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) com o Conselho Municipal de Barreiras-BA.” Barreiras/BA
“Para a COVID não me convide: estratégias educativas na prevenção e combate às fake news.” Pastos Bons/MA
“Atuação do Conselho Estadual de Saúde no enfrentamento à pandemia da COVID-19 no Rio Grande do Norte.” Natal/RN
“1º Fórum Popular de Saúde para o enfrentamento da Covid-19 e suas consequências no DF “Juntos no enfrentamento da pandemia”: a experiência na mobilização de plenária popular com a tecnologia digital.” Brasília/DF
“Pandemizando o Controle Social: a Comissão de Educação Permanente como articulação e fortalecimento do SUS.” Porto Alegre/RS
“Comunicação e educação em saúde para o controle social da pandemia de COVID-19 no município de Barreiras – BA.” Barreiras/BA
“Projeto em Defesa do SUS e da saúde como um direito humano.” Belo Horizonte/MG
“Todos na luta contra a pandemia: Acolhimento dos casos testados positivos para Covid-19.” São Paulo/SP
“Plano de Trabalho para Ampliação das Ferramentas de Acesso ao Serviços do SUS.” São Paulo/SP
“Fala Ana Maria! Construção, fortalecimento e mobilização da comunidade em tempos de pandemia.” Rio de Janeiro/RJ
“Roda de conversa na pandemia de COVID-19: uma articulação entre Universidades e Conselho de Saúde.” Joinville/SC e Grande Florianópolis/SC
“O desafio de gerar potentes ações de comunicação assertiva para o enfrentamento à pandemia, mobilizando os movimentos sociais com segurança e sensibilizando a população com respeito às medidas de distanciamento social.” Brasília/DF
“Telemonitoramento COVID: parceria da Faculdade de Medicina Estácio Jaraguá do Sul e Secretaria Municipal de Saúde de Jaraguá Do Sul (SC).” Jaraguá do Sul/SC
“O Conselho Municipal de Saúde de Campinas: conflitos, disputas e consensos no contexto da pandemia de Coronavírus.” Campinas/SP
“A implementação de um Conselho Local de Saúde para a promoção da participação popular no controle social do SUS em contexto da pandemia de COVID-19: a parceria entre uma disciplina extensionista, a Liga Acadêmica de Saúde Coletiva de Macaé (Lascom) e o Centro Brasileiro de Estudos em Saúde (Cebes).” Macaé/RJ
“Resgate da participação popular durante a pandemia da COVID-19 no território da ESF Vera Cruz na cidade de Montes Claros/MG para o fortalecimento das ações do SUS por meio de eleições do Conselho Gestor Local de Saúde.” Montes Claros/MG
“Curso de atualização para conselheiros de saúde no Distrito Federal: adaptação de estratégias educativas no contexto da pandemia pela COVID-19.” Brasília/DF
“Plenárias virtuais e a construção de estratégias locais no enfrentamento da COVID-19 nos bairros do Saco Grande e do Monte Verde em Florianópolis/SC.” Florianópolis/SC
“Relato de experiência: integração ensino/controle social.” Ubá/MG
“Ação de Prevenção e Promoção de Saúde na Terra Indígena Jaraguá através da conscientização pela língua materna GUARANI MBY’A em momentos de Pandemia do COVID-19.” São Paulo/SP
“Produção de manual sobre ferramentas utilizadas em reuniões remotas para auxílio de conselheiros municipais de saúde na participação de oficinas de qualificação.” Barreiras/BA
“Rodas de conversa online.” Florianópolis/SC
“A importância da integração entre a academia, movimentos sociais e os Conselhos de Saúde na qualificação e promoção da participação popular.” Sergipe 

As experiências contemplam os  seguintes eixos previstos no edital:

Eixo 1 – Fortalecimento e qualificação da participação social dos Conselhos de Saúde visando exercer o controle social na proposição, fiscalização e controle das ações governamentais de enfrentamento da pandemia.

Eixo 2 – Atuação direta dos Conselhos de Saúde em ações de comunicação para a população, mobilização e articulação social para o enfrentamento da pandemia.

Eixo 3 – Parcerias dos Conselhos de Saúde com cursos de capacitação na área da saúde, Universidades e Instituições de Ensino Superior promovendo a integração do ensino com a participação e o controle social.

Mais informações: https://apsredes.org/participacao-social-na-resposta-a-covid-19/.

Fonte: Amanda Mendonça, Jornalista da Assessoria de Comunicação do Laboratório de Inovação – Conselhos de Saúde e Participação Social na resposta à Covid-19

registrado em:
Fim do conteúdo da página