Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Frente Parlamentar Mista em Defesa da Reforma Psiquiátrica e da Luta Antimanicomial é relançada na 5ª CNSM
Início do conteúdo da página

Frente Parlamentar Mista em Defesa da Reforma Psiquiátrica e da Luta Antimanicomial é relançada na 5ª CNSM

  • Publicado: Segunda, 18 de Dezembro de 2023, 15h48
imagem sem descrição.

Na segunda (11/12), os participantes da 5ª Conferência Nacional de Saúde Mental Domingos Sávio (CNSM) acompanharam o relançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Reforma Psiquiátrica e da Luta Antimanicomial. A frente, que já foi coordenada pela deputada Erika Kokay (PT/DF), passa para a coordenação do deputado Pastor Henrique Vieira (Psol/RJ).

Entre os objetivos da frente está fortalecer o apoio à estrutura de cuidado em saúde mental no Brasil, diante da conjuntura de ameaças e de desmonte nas políticas públicas neste setor nos últimos anos. Na cerimônia, os participantes da conferência ratificaram palavras de ordem contra as comunidades terapêuticas e pela defesa do cuidado em liberdade e da reforma psiquiátrica e ressaltaram a importância da educação popular e da inclusão digital, além de manifestarem preocupação com a vasta medicalização da sociedade, inclusive de estudantes e crianças.

“A união das forças progressistas é o grande trunfo para a superação dos obstáculos e da diversidade, mesmo em meio a divergências de opiniões e posições ideológicas. Só assim poderemos superar os interesses espúrios que sustentam o financiamento público destas comunidades terapêuticas”, afirma Fernando Pigatto, presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS).

A deputada Erick Kokay se referiu à existência dos manicômios como um “holocausto brasileiro, alimentado por sua função de controle dos corpos, das pessoas e das subjetividades”. A parlamentar ainda destacou a precarização da Rede de Atenção Psicossocial (Raps) e o desvio dos recursos públicos da rede para as comunidades terapêuticas estão entre os grandes males a ser enfrentados.

“Deixo aqui o meu compromisso em defender os direitos humanos e sociais de todas as pessoas, a saúde mental coletiva, e de coordenar esta frente parlamentar de forma colaborativa, diversa e em diálogo com os diversos setores da sociedade”, completou o pastor Henrique Vieira.

A 5ª Conferência Nacional de Saúde Mental (CNSM) ocorre no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília, e se encerra na sexta (14/12).

Ascom CNS e Comunicação Colaborativa da 5ª CNSM

registrado em:
Fim do conteúdo da página