Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > 5ª CNSM consagra protagonismo de pessoas usuárias da Raps pela humanização e cuidado em liberdade na Saúde Mental
Início do conteúdo da página

5ª CNSM consagra protagonismo de pessoas usuárias da Raps pela humanização e cuidado em liberdade na Saúde Mental

  • Publicado: Segunda, 18 de Dezembro de 2023, 15h50
imagem sem descrição.

A 5ª Conferência Nacional de Saúde Mental Domingos Sávio (CNSM) encerrou, nesta quinta (14/12), com a participação de 2.200 pessoas e mais de 600 propostas aprovadas para o fortalecimento da Rede de Atenção Psicossocial (Raps) e da Política Nacionalde Saúde Mental.

Entre as propostas aprovadas estão: garantir acesso à saúde mental desde a Atenção Básica (AB) e de forma desburocratizada; implementar a política de educação permanente e continuada para trabalhadores(as) da saúde em saúde mental; ampliar e fortalecer as políticas públicas para o cuidado em liberdade; e agregar os saberes populares construídos nos territórios enquanto estratégia de cuidado em liberdade nas políticas públicas de saúde que garantam a interseccionalidade.

Após quatro dias de intensos debates e deliberações, a conferência chega ao final consagrada como o encontro que deu voz às pessoas usuárias (e seus familiares) da Rede de Atenção Psicossocial (Raps).

Após 13 anos desde a realização da última conferência, mais de duas mil pessoas retornaram à Brasília para participar da etapa nacional do processo, que começou em 2020.

O Conselho Nacional de Saúde agradece a todas, todos e todes que envolveram-se neste processo desde as etapas municipais, livres e estaduais, e que fazem força na luta antimanicomial, pelo fim do financiamento das comunidades terapêuticas e da expansão fortalecida da Raps.

Ascom CNS

registrado em:
Fim do conteúdo da página