Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > NOTA PÚBLICA: CNS parabeniza Nísia Trindade Lima pelo novo mandato como presidenta da Fiocruz

banner sintomas coronavirus 1banner sintomas coronavirus 2banner sintomas coronavirus 3 
peticaoCNS v2

Início do conteúdo da página

NOTA PÚBLICA: CNS parabeniza Nísia Trindade Lima pelo novo mandato como presidenta da Fiocruz

  • Publicado: Terça, 12 de Janeiro de 2021, 19h51
  • Última atualização em Sexta, 15 de Janeiro de 2021, 12h17
imagem sem descrição.

A nomeação foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), na tarde desta segunda-feira (11/1)

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) parabeniza Nísia Trindade Lima pela recondução ao cargo de presidenta da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), uma das instituições de ciência e tecnologia em saúde mais importantes da América Latina. Nísia foi eleita em primeiro lugar na lista tríplice homologada por unanimidade pelo Conselho Deliberativo da Fiocruz e entregue ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em novembro do ano passado. A Eleição Fiocruz 2020 foi a mais expressiva da história da instituição, com a participação de 4.400 eleitores, 91,6% dos 4.847 servidores aptos a votar.

O CNS destaca a importância do trabalho desenvolvido por Nísia à frente da instituição, em um momento em que a Fiocruz tem desempenhado um papel fundamental no combate contra o novo coronavírus. Também ressalta a parceria junto ao Conselho, com a realização de ações e compartilhamento de informações que fortalecem a capacidade científica e a atenção em saúde.

A Fiocruz saiu na dianteira em pesquisas, como a produção da vacina contra a covid-19 produzida pela farmacêutica Astrazeneca em parceria com a Universidade de Oxford. Por meio de um acordo de transferência de tecnologia, o Complexo Industrial de Bio-Manguinhos, da Fiocruz, que fica na zona norte do Rio de Janeiro, foi preparado para processar os ingredientes farmacêuticos ativos (IFAs) para a produção de mais de 100 milhões de doses do imunizante até o final do primeiro semestre deste ano.

 

Primeira presidenta eleita na história da Fiocruz

Nísia Trindade Lima é doutora em Sociologia servidora da Fiocruz desde 1987, sendo a primeira mulher eleita para a presidência na história da Fundação. Segundo a Fiocruz, Nísia ingressou como pesquisadora da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), assumindo a direção da unidade de 1999 a 2005. Atuou como integrante do conselho editorial da Editora Fiocruz, do comitê científico e da comissão executiva do 4º Congresso Mundial de Centros de Ciência e da comissão organizadora de eventos integrantes da comemoração do centenário da descoberta da Doença de Chagas.

Nísia é integrante da Zika Alliance Network desde 2018, um consórcio de pesquisa multinacional e multidisciplinar formado por 54 parceiros em todo o mundo. Recentemente assumiu a copresidência da Rede de Saúde para Todos da UNSDSN e a copresidência do Grupo Diretor de Recuperação Econômica para aconselhar sobre o desenvolvimento de um Roteiro de Pesquisa das Nações Unidas para a Recuperação Covid-19.

Em setembro de 2020 recebeu o título de professora honoris causa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Em dezembro do ano passado, foi eleita membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC), na categoria Ciências Sociais.

Acesse o currículo completo de Nísia Trindade Lima.

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4721825P3

registrado em:
Fim do conteúdo da página