Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Fernando Pigatto é reeleito para a presidência do Conselho Nacional de Saúde

Banner etapa municipal

Início do conteúdo da página

Fernando Pigatto é reeleito para a presidência do Conselho Nacional de Saúde

  • Publicado: Sexta, 17 de Dezembro de 2021, 15h46
imagem sem descrição.

O atual presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto, foi reeleito para comandar a entidade pelos próximos três anos. A eleição ocorreu no começo da tarde desta quinta-feira (16/12), em reunião em formato híbrido, realizada em Brasília.

Pigatto foi eleito com 40 votos favoráveis. Houve apenas duas abstenções. A votação ocorreu durante a 73ª Reunião Extraordinária do CNS, no San Marco Hotel. A proclamação do resultado foi feita pela conselheira nacional de saúde, Suelly Barrios. Os votos foram dados por conselheiros e conselheiras na titularidade do cargo.

Fernando Zasso Pigatto, 50 anos, é casado com Marla Salin Pigatto e pai de Cassiano e Vitor. Nascido em Júlio de Castilhos e residente em Rosário do Sul (RS), é conselheiro nacional desde 2014, representante da Confederação Nacional das Associações de Moradores (Conam). Foi eleito presidente do CNS em 2018 e agora, em 2021.

Além da eleição de Pigatto, a reunião desta quinta deu posse aos conselheiros e conselheiras nacionais de Saúde, que também participaram  de processo eleitoral. A Mesa Diretora do controle social nacional na Saúde, composta por Pigatto e mais sete conselheiros e conselheiras representantes dos usuários, gestores e prestadores, além de trabalhadores, foi escolhida também na tarde de hoje. Neste ano, o CNS renovou aproximadamente 30% do seu quadro de conselheiros e conselheiras, após o resultado da última eleição, realizada no dia 11 de novembro.

Quem é Pigatto

Fernando Pigatto é formado em Gestão Ambiental pela Universidade Norte do Paraná (Unopar). Desde jovem trabalhou na agricultura, depois tornou-se comunicador no Jornal Gazeta de Rosário, foi chefe de gabinete da Prefeitura Municipal de Santa Maria, em 2001, assessor no Projeto Consórcio Social da Juventude do Programa Primeiro Emprego do Governo Federal na região metropolitana de Porto Alegre, de 2005 a 2006, e assessor parlamentar na Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Iniciou sua atuação social na década de 1980 em grupos de jovens da Pastoral da Juventude e Comunidades Eclesiais de Base (CEB’s) da Igreja Católica. Na década de 1990, assumiu direção em entidades do movimento estudantil secundarista e universitário e em Associação de Produtores Rurais da Agricultura Familiar. Nos anos 2000, iniciou participação no movimento comunitário, sendo presidente da Associação de Moradores do Bairro Primavera e Secretário Geral da União de Vilas e Bairros (UVB) de Rosário do Sul.

Como dirigente estadual no Rio Grande do Sul, passou por diversas funções e atualmente é presidente da Federação Gaúcha das Uniões de Associações de Moradores e Entidades Comunitárias (FEGAMEC). Como dirigente nacional, Pigatto foi Diretor de Planejamento, Secretário Geral e atualmente é Diretor de Saúde da Conam.

No controle social, participou de conferências, seminários, congressos, simpósios, jornadas, assembleias, grupos de trabalho, câmaras técnicas, comissões e conselhos, como o Conselho Nacional das Cidades (na Câmara Técnica de Saneamento Ambiental). No CNS, foi coordenador da Comissão Intersetorial de Vigilância em Saúde, responsável pela coordenação da 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde e pela aprovação da Política Nacional de Vigilância em Saúde (PNVS).

Foto: Ascom CNS

Ascom CNS

registrado em:
Fim do conteúdo da página