Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - Informes > Entidade do CNS repudia declarações que associam tratamento HIV/Aids a despesa para o país

banner sintomas coronavirus 1banner sintomas coronavirus 2banner sintomas coronavirus 3 
peticaoCNS v2

Início do conteúdo da página

Entidade do CNS repudia declarações que associam tratamento HIV/Aids a despesa para o país

Publicado: Quinta, 06 de Fevereiro de 2020, 12h45 | Última atualização em Quinta, 06 de Fevereiro de 2020, 12h45
imagem sem descrição.

O Movimento de Luta Contra a Aids, representado pela Articulação Nacional de Luta Contra a Aids (Anaids), entidade que compõe o Conselho Nacional de Saúde (CNS), repudiou qualquer declaração que associe pessoas que vivem com HIV/Aids a despesa para o Brasil. A publicação da nota de repúdio ocorreu nesta quarta (05/02), problematizando o estigma gerado sobre pessoas nesta condição.

Conforme indica o texto, “a resposta brasileira à epidemia de Aids é uma política de Estado, não uma política de governos ou partidos, ancorada nos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e na garantia dos direitos humanos, com reconhecimento e destaque internacional”.

A nota afirma ainda que declarações do gênero “ofendem e rotulam quase um milhão de cidadãos e cidadãs nesta situação, além de seus familiares, amigos e entorno social”. Para o Movimento de Luta Contra a Aids, o país vive hoje “a falta de programas/políticas públicas de educação sexual, voltadas a adolescentes e jovens, articuladas com ações de prevenção e que considerem os contextos de vulnerabilidade social dos adolescentes e jovens brasileiros”.

Leia a nota da Anaids na íntegra

Foto: Brasil de Fato

Ascom CNS

registrado em:
Fim do conteúdo da página