Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - Informes > Comunidade em Porto Alegre protesta por falta de médicos em unidade do SUS
Início do conteúdo da página

Comunidade em Porto Alegre protesta por falta de médicos em unidade do SUS

Publicado: Segunda, 16 de Setembro de 2019, 16h36 | Última atualização em Segunda, 16 de Setembro de 2019, 16h38
imagem sem descrição.

Na manhã desta segunda (16/09), moradores da periferia de Porto Alegre (RS) se reuniram na frente da Unidade Básica de Saúde Lami, de responsabilidade da Secretaria Municipal de Saúde, para protestar devido à ausência de médicos. De acordo com os manifestantes, sem o programa Mais Médicos, atualmente são três equipes de saúde da família, porém apenas um médico tem atuado nos últimos meses, sem conseguir dar conta da demanda local. Os moradores temem ainda pelo fechamento da Unidade de Saúde.

O presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), que participou da manifestação, colocou-se à disposição para apoiar os moradores da região. Na ocasião, falou sobre a nova proposta do Ministério da Saúde, que quer implementar o Médicos Pelo Brasil em substituição ao Mais Médicos. Na nova proposta, os médicos do programa não atenderão nas capitais.

“Não podem acabar com o Mais Médicos, fazer um outro programa e prejudicar a população das capitais. Isso fragiliza os serviços e distancia as pessoas o atendimento à saúde. Temos que ter prevenção e promoção à saúde nos territórios em primeiro lugar". O documento feito pelos moradores será encaminhado ao conselho local, estadual e nacional de saúde para que sejam tomadas providências.

Ascom CNS

registrado em:
Fim do conteúdo da página